20 de jan de 2011

não sou urubu


não gosto de saber de desgraça.

dois dias depois de fazer o vídeo, parecia uma piada de mau gosto do destino.

fiquei sabendo de inúmeros casos de maus-tratos e mortes de gatos que tinham/tem donos irresponsáveis que os deixavam/deixam sair nas ruas apesar de tanta informação que existe hoje em dia quanto à segurança deles.

em nenhum momento pensei que meu singelo vídeo iria mudar o mundo, mas é muito triste quando essas coisas acontecem e o pior, quando as pessoas fazem questão de te contar.

meu gato está dentro de casa, seguro, bem cuidado, castrado e feliz.

como alguém consegue conceber que eu - assim como tantos outros proprietários conscientes e protetores que fazem de tudo para trazer de volta a dignidade de uma vida tirada pelo humano - gostamos de saber de tragédias e contos de horror? :(

uma coisa é eu lhe dar a mão e sentir sua dor se seu animal faleceu depois de uma longa doença em que tudo foi tentado. outra é você me contar friamente que seu animal morreu por pura irresponsabilidade e ignorância.

eu fico me sentindo no chão por uma culpa que não é minha em absoluto :(

e o pior é que geralmente esses donos nada fazem, a consciência não doí, não compreendem que foram responsáveis pela morte de um animal indefeso que só tinha a eles para proteger e zelar.

eu ODEIO ficar sabendo de mortes estúpidas que podiam ser facilmente evitadas.

por favor, por favor, sejam educados e sensíveis e poupem a mim e a todos que realmente se importam com os animais de saberem dessas barbáries.




3 comentários:

  1. Muito bom, isso é exatamente o que sinto, as vezes fico sem dormir, quando um infeliz me conta um horror acontecido com um gato, Meu Deus parece que eles tem prazer contanto aquilo, eu falo: pare! não continue. E eles continuam...

    Barabéns Otávia!

    ResponderExcluir
  2. Não podiamos estar mais de acordo!!!
    Mas infelizmente ainda há gente assim. E é por essas e por outras que quanto mais conheço os humanos, mais eu amo os animais.
    Não fique triste. Nós vamos conseguir mudar o mundo. e se conseguirmos mudar o mundo de apenas um, então aí o mundo já está a mudar.
    Bom Fim de semana com muitos ronrons

    ResponderExcluir
  3. Querida, concordo com você em gênero, número e grau.
    Aqui os meus - agora 8 - só e sempre ficam dentro de casa, livre das maldades humanas.
    Também detesto saber das idiotices humanas que promovem a infelicidade dos animais, me parte a alma e o coração e chego a ficar "doente" por causa disso.
    Muita força para você, sempre e com carinho, Toca dos Gatos.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.