4 de jun de 2011

I would do it all over again


*Eu faria tudo novamente

Os 3 mosqueteiros foram adotados :)

Depois de uma longa procura, aproximadamente 10 interessados no total e é claro, após um grande número de eliminados, afinal o que mais tem na minha cidade é gente sem um pingo de noção sobre Guarda Responsável e mesmo assim se acha no direito de ter um animal.

Nick foi o primeiro a ir. Está ainda em processo de adaptação ao gato residente da casa, mas pelo primeiro contato espero que tudo dê certo, afinal nossos animais são socializados previamente e nada como um pingo de baunilha para acalmar os animos :)


A segunda adoção foi a do Heitor :) Já vacinado, plenamente adaptado à vida de gatinho domestico, comendo ração sólida e muito muito fofo e bonzinho ele também foi adotado por uma familia inteira, que o escolheram desde que o resgatamos. Heitor também já possui uma irmãzinha mais velha, além de um irmão humano e seus pais :) Apesar da fama de terrível da Jane nada muito traumatico aconteceu no primeiro contato, graças a baunilha, então esperamos que seja mais uma adoção bem sucedida :)


E para fechar com chave de ouro, meu amor por acaso, o cachorrinho mais lindo e simpático do mundo também achou um pai para chamar de seu :)

Fazia muito tempo que uma adoção não me estressava tanto. A possibilidade de Feijão voltar a morar em uma gaiola, longe da grama, do sol e de uma familia somente dele me assustou ao ponto de me levar para o hospital. Fiquei imaginando várias vezes se não dei um passo maior que as pernas, se não me meti em algo que não era meu assunto ao tirá-lo da clinica e me responsabilizar por ele, quase o levei de volta quando o meu Lar Temporário de 3 semanas se transformou em dois dias e eu corri e espalhei aos quatro ventos e rezei para que a sorte desse uma chance ao meu menino.

E aí alguém o escolheu. Alguém que nos procurou, dizendo que o queria, que tinha adorado os videos, as fotos e principalmente seu nome. Uma pessoa séria e responsável que por 18 anos amou sua companheira canina, até que a idade a levasse. Abriu sua casa e seu coração para o nosso Feijãozinho :)

E hoje a tarde fomos levá-lo a uma casa com o melhor quintal do mundo, cheio de plantas e arvores para ele brincar e crescer feliz :)


Tem coisa melhor? :)

Por todos o carinho que os 3 mosqueteiros receberam do MUNDO INTEIRO, através de recados, emails e até mesmo pessoas que paravam para brincar com eles, eu agradeço do fundo da alma. Por todas as palavras de incentivo, para quem escutou meu desespero e tristeza quando eu estava prestes a desistir, para quem ajudou os meninos de longe ou perto, nosso MUITO OBRIGADO!

Quando eu cheguei em casa começou a chover. E logo depois, olhem o que apareceu no céu :)

O arco-irís depois da escuridão e tempestade. A esperança de dias cheios de cor :)

Não tenho como agradecer o apoio que recebi. E meus meninos que foram abandonados, que passaram fome e sofreram sentiram amor de perto e de longe :)

Tem gente que vira o rosto para um animal na rua. E é claro que essa é a coisa mais fácil a se fazer. Ao contrário do que alguns possam pensar eu não gosto de TER que resgatar. Detesto presenciar abandono, tristezas e descaso. Odeio saber que a minha raça, pensante e cheia de recursos pode ignorar ou destratar uma pequena vida.

Mas não há nada melhor do que ver novamente nos olhos de um animal que você cuidou DIGNIDADE, o AMOR e até mesmo a VIDA que alguém tentou lhes tirar anteriormente.

E enquanto eu tiver forças e tiver os meios, eu irei fazê-lo com a ajuda, de longe ou perto, daqueles que quiserem estar ao meu lado.



Quem imaginaria que um dia tão errado
Iria revelar-se tão adorável
Estou tão feliz que encontrei você
Mesmo o dia que correu tão mal
Eu não mudaria nada
Oh, eu faria tudo novamente

( Bruno Mars - Again )


4 comentários:

  1. Ê dona Otávia!
    Sempre arrancando a lágrimas dos outros? Coisa feia. riairaria

    Sempre tem um animal perfeito para as pessoas. Aquele animal que escolhe o dono porque o dono precisa dele. Nada é ao acaso.

    Estou muito feliz com esse desfecho, tudo do 'jeito Otávia de ser'. E não tinha como dar errado, claro!
    Com todo esse esforço e dedicação, as coisas dão certo porque.. 'cada um tem o que merece'.
    Inclusive o seu stress que te levou ao hospital, não foi a toa. Espero que vc tenha aprendido para não ter que passar por isso de novo (e parar de preocupar todo mundo, DIABOS).

    Bem, não preciso dizer que sou sua fã e uma puxa-saco de carteirinha, né?

    E espero que as pessoas aprendam que não se brinca com o sentimento alheio e que quando se comprometerem, façam-no direito. Se realmente respeitam vc, que não te cause tanto dano pra vc e pros animais que vc cuida com tanto carinho

    ;**

    ResponderExcluir
  2. Páginas em branco4 de junho de 2011 16:20

    Não sei descrever o alívio e a felicidade que sinto ao ver essas notícias!
    Só posso dizer nesse momento, PARABÉNS!!! Vc é uma guerreira e ensina-nos todos os dias muito mais sobre o amor do que imagina. O amor ao próximo, independente de quem seja ele.
    Vc é uma vitoriosa!! E eu te admiro cada vez mais!

    ResponderExcluir
  3. Estou muito emocionada!!!!
    Parabéns para os três e para você!!!!
    =)

    ResponderExcluir
  4. OI, Otávia

    QUe bom que tudo deu certo! Missão cumprida!
    Fico muito feliz de saber que agora todos esrão em suas novas casas recebendo amor de suas famílias.
    Um beijo carinhoso
    Stela e Petetecos

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.