15 de out de 2011

Feliz Dia dos Professores! :)

Nunca imaginei na minha vida que seria professora.

Sempre pautei meus planos profissionais para algo que tivesse a ver com animais.

Por muitos anos me imaginei fazendeira, veterinária e, especialista em grandes felinos.

Nos pensamentos perdidos de minha adolescência eu iria atuar no zoológico de Miami, onde havia - na época - um programa bem sucedido de reprodução de tigres e outras especies ameaçadas de extinção.

E então na semana de inscrição do vestibular, nos meus 17 anos, desisti de fazer veterinária.
Simplesmente desisti de todos os planos que havia feito desde a tenra infância e prestei vestibular para Educação Artística e Turismo, sendo aprovada nos dois.

Eu havia me formado em inglês no começo dos meus 15 anos. E após um ano procurando emprego sem sucesso na area de Turismo, coloquei meu currículo justamente na faculdade onde me formei e fui contratada para o departamento de Línguas, lecionando como professora de Inglês, desde alunos do curso regular até aqueles que iriam fazer provas de proficiencia, mestrados e especializações, cursando o Inglês Instrumental.

Foi um ano maravilhoso onde eu encontrei uma das minhas maiores paixões.
Também foi o ano que o Arthur apareceu em minha vida.

Uma coisa é você saber algo. E a outra é ser capaz de repassar o seu conhecimento e que ele seja corretamente compreendido.

Acredito que grande parte de todo o sucesso que já tive em relação a causa animal foi justamente conseguir repassar as informações necessárias, que eu mesma desconhecia anos atrás, para o bem estar dos bichos que passam pelo meu caminho, ensinando a outras pessoas como melhor agir com eles.

Da faculdade foi convidada para outro curso, onde permaneci por mais um ano.

Lá recebi novamente outro convite, que recusei, até mudar de emprego e aceitar uma vaga para o curso onde leciono hoje em dia.

Tenho muito orgulho da qualidade do inglês que eu falo e me sinto feliz pelo carinho que meus alunos demonstram comigo, mesmo que eu me considere uma professora muito chata hehehehe

Mas espero que eles saibam que para eles eu dou o meu melhor, em todos os aspectos.
E sempre estarei a disposição para quem realmente queira se dedicar :)

O Brasil não valoriza seus professores. Entramos na faculdade sob o olhar de condescendencia e até desprezo de várias pessoas. Quando resolvi abraçar a profissão e cursar Letras, vários amigos dos meus pais traziam um olhar e tom de pena quando eu dizia que era professora, afinal sou filha de médicos e irmã de um juíz, sou o fundo da piramide economica da minha familia hahahahha :D

As pessoas teimam em pensar que, por causa do salário que não condiz com o nosso valor, somos infelizes com nossas escolhas. Só que este é o menor dos problemas.

Ser professor é lidar com TODOS os males que existem em uma sociedade, diariamente.
É presenciar gravidez na adolescência, estar a mercê de um aluno drogado, de uma escola em uma área violenta, de transportes públicos ineficientes, de falta de material e salas de aula adequadas em uma universidade, entre tantas outras mazelas públicas e ainda ser capaz - e ser cobrado - de executar bem o seu trabalho.

Posso dizer, com certeza, que ensinar, para mim, é algo que eu gostaria de fazer para sempre. Amo a lingua inglesa, sua história, fonetica e aspectos culturais. E amo poder ajudar a outros a ter a oportunidade de experimentá-la.

E o meu modesto, mas suado e honesto salário como professora é o que salvou a vida de vários animais nos ultimos anos e hoje em dia é de onde surge a grande maioria do capital para as castrações dos Felinos Urbanos.

O dinheiro é pouco? É.
Muito menos do que juízes, médicos, senadores ou um jogador de futebol que nunca nem sentou em um banco de escola.

Nem eu mesmo entendo como consigo pagar minhas contas pessoais e ainda ajudar esses bichos.
Mas assim como os meus gatos, dezenas de animais abandonados ao redor do mundo tem a chance de dias melhores através de outros professores que com o mesmo dinheiro ainda sobrevivem e sustentam suas famílias.

Algum dia, espero, poder aprender japonês de forma integral e, quem sabe, ensinar também.

Talvez, daqui a alguns anos, a SPCA ou Humane Society se instale no Brasil, contrate agentes contra crueldade animal e eu consiga trabalhar para eles. E ensinar outros a salvar vidas.

Também gostaria de ter as condições financeiras para fazer mestrado na Inglaterra sobre a História da Lingua Inglesa e permanecer por lá.

Mas esses são apenas planos. E por minha experiencia, sei que planos mudam como as nuvens no céu.

Por enquanto eu continuo aqui, sendo professora, falando e ensinando o meu querido inglês.
E atráves dessa lingua que nem me pertence, doando um pouco do que é meu para outros.

Desejo a todos os meus colegas de profissão um otimo Dia dos Professores, em especial para aqueles, que como eu, dividem o resultado do seu trabalho com animais carentes :)

Mantenham-se firmes, apesar de tudo!


"O que um professor escreve no quadro negro da vida nunca poderá ser apagado."

Autor desconhecido


4 comentários:

  1. Feliz dia dos Professores pra ti também!

    Muito bonito, o texto. Uma pena que nem todos tenham essa mesma consciência. Nem mesmo alguns de nossos colegas de profissão. Mas um dia nós seremos devidamente valorizados!

    ResponderExcluir
  2. Ser professor transforma vidas, transforma o mundo!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Tenho muito orgulho de ter sido sua aluna e ainda tenho esperança de voltar a ser. Vc foi a melhor professora que já tive! Obrigada por tudo!!

    ResponderExcluir
  4. Vc falou tudo de nossa profissão. E é realmente um milagre, para mim, vc conseguir tanto com os gatos com tão pouco que é nosso salário, no BRASIL todo, onde somos desvalorizados e descriminados pela sociedade que só tem educação e juizes e medicos formados, por nossa capacidade de transformar e tentar gerar sementinhas que vão germinar e se transformar em grandes cidadães. Um feliz dia do professor a todos os professores, não só para o dia 15 de outubro, como também para todos os dias de luta! E que seu trabalho com os gatos continue, aqui no Brasil, ou aonde vc for com seus planos e objetivos de vida.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.