2 de dez de 2011

Campanha - Doação Responsável!


Essa semana cheguei ao meu limite. Cansei de ver pseudo-protetores repassando animais sem nenhum critério, mesmo sabendo o que deve ser evitado, ignorar tudo para se livrar do bicho o mais rápido possível e assim economizar.

Se não for para agir 100% dentro da DOAÇÃO RESPONSÁVEL, faça um favor para os protetores que realmente agem de acordo e para os bichos: NÃO SE META!

A proteção de animais é algo SÉRIO e todo o trabalho de gente honesta e idônea pode ser colocado por terra quando um único imbecil decide doar um animal sem castrar e sem regras para o adotante.

Não podemos nos contentar com adotantes que deixam o bicho ter acesso à rua, que são contra castração e que não dão alimentação adequada.

O fato de alguém ter escolhido um bicho para adotar não significa que essa pessoa será a unica interessada - a não ser que você seja incompetente para encontrar bons adotantes - e NUNCA devemos achar que o adotante, ao escolher um "animal de rua", está fazendo um favor e não deve ser contrariado.

Animais resgatados NÃO SÃO cidadãos de segunda classe. Eles merecem o melhor que possamos encontrar, pois a maioria deles já veio de um ser humano sem caráter.

Em grandes cidades os animais já podem ser castrados aos 2 meses de idade, gratuitamente ou a baixo custo.

Compreendo mais do que ninguém que em algumas cidades os veterinários não são esclarecidos ou capacitados o suficiente para realizar cirurgia pediátrica, mas cabe a pessoa que doou ficar em cima e não recuar até que o bicho doado tenha idade adequada para o procedimento, entre os 4 meses e 6 meses de idade.

Eu já passei por situações de doar animais sem castrar por serem muito jovens e me arrependo enormemente. A gata fugiu no dia da cirurgia, um dono simplesmente sumiu quando falei de esterilizar o gato e uma adotante deu sumiço no animal, repassando para outra pessoa sem avisar.

E a cada bicho que passa por mim e não é esterilizado, todo o meu trabalho foi por agua a baixo, todo o tempo, amor e dinheiro investidos.

Quando aquele único animal é responsável por centenas que estarão sofrendo nas ruas ou caindo na criação de fundo de quintal, eu tenho minha parcela de culpa, não importa o motivo.

Está mais do que na hora de PARARMOS de achar normal que um animal seja doado sem castrar. Isso é o MINIMO, é o MAIS IMPORTANTE e NÃO É NEGOCIÁVEL ou OPCIONAL!

Lanço uma campanha para que as pessoas que querem doar tenham consciência do problema que estão gerando e de como é nocivo que alguém que - se diz - protetor de animais burle uma das regras mais importantes para o bem estar dos mesmos.

Não divulgo animais que não estejam esterilizados.
Não serei cúmplice de abandonos futuros.


Por favor, repassem em suas redes sociais.

5 comentários:

  1. Excelente post, pra variar. ;)
    Eu incluiria no pacote que as pessoas passassem a priorizar também, nas adoções, lares RESPONSÁVEIS, seguros, sem acesso à rua, com pessoas que tenham condições de manter um animal com dignidade.
    Protetor que doa para qualquer um, sem perguntar nada, sem questionar nada, sem entregar pessoalmente o animal para verificar as condições de onde vai viver, sem exigir que castre, não é protetor, é ATRAVESSADOR de animais.
    Protetor de verdade não vê números, vê qualidade.
    Protetor de verdade não enxuga gelo, nem confia cegamente num adotante desconhecido.

    ResponderExcluir
  2. Sempre fico pensando COMO esse tipo de protetor ainda tem coragem de falar mal de criadores e revendedores de animais se fazem PIOR, pois têm o conhecimento e o discurso de querer ajudar e resolver o problema... Estão todos no mesmo balaio, com a diferença de que vendedores ao menos assumem que estão se lixando pros bichos!

    ResponderExcluir
  3. Assim que resgatei meus gatos, assim que os acolhi, estão comigo. Tenho 2 gatos e 3 gatas, de 8, 6, 5, 4 e 2 anos, todos são castrados, são todos saudáveis, um deles nasceu em casa, dos 5, só 3 é que foram resgatdos dda rua, um foi adotado e outro nasceu, mas estão todos castrados.

    ResponderExcluir
  4. Saint Clair Jorge Hermida20 de novembro de 2012 15:46

    Olá para todos:
    Fazem dois anos abandonaram uma cadelinha bebe na porta de minha casa.Eu já tinha o Lobo, um lindo cão branco de médio para grande, pouco menor que um pastor, mas vendo aquele animal em situação tão triste, botei prá dentro, dei banho, levei no veterinário e hoje ela é a Xena.Ela parece a Estopinha do do Dr. Pet.Eu os criava separados, mas em 29 de Julho ela escapou para o espaço do Lobo e....tá, eu sou o culpado, não castrei e tudo que eu mereço ouvir e que eu mesmo me penitencio...e dia 29 de Setembro a minha Xena, 9 quilos de peso, teve 9 filhotes lindos com 14 cm cada, não pesei para ela não rejeitar, 8 machos e uma femea linda.Já vermifuguei e estou fazendo das tripas coração para ficar com eles, todo mundo diz que devo doar, não vou suportar a despesa, que é muito cachorro.Bom, escrevi porque precisava contar para pessoas que compartilham do meu carinho com cães.Ah,dessa vez vou castrar todo mundo...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.