11 de fev de 2012

Alérgica e Mãe de Gato


Não sei exatamente quando minhas alergias foram diagnosticadas, mas sei de um incidente em que tive que ir para o hospital por causa de uma reação, quando ainda era bem pequena.

Meus pais são médicos, meu pai é especialista em alergias, o que veio bem a calhar em uma familia em que todos são alergicos e ele também foi quem iniciou em mim a paixão pelos gatos.

Uma das minhas alergias é pêlo de animais. Toda vez que fico perto de um animal que não toma banho com regularidade, ou que está sujo, tenho uma crise. E desde que comecei o Felinos Urbanos, entrar em contato com animais ferais que não tomam banho tem sido um desafio. Quando vou até petshops, às vezes fico espirrando por horas, fico com inicio de edema no rosto e me coçando e o que me resta é tomar medicamentos ao voltar para casa.

Mas, ser alergico e ter animais de estimação não é impossível, só é necessário algumas medidas para impedir a queda de pêlos, acumulo de ácaros e outros agentes alergênicos, uma vez que nenhuma alergia é causada apenas por um fator.

Primeiro, é necessário entender que o fator alergênico do gato não é o seu pêlo, mas uma proteina na saliva em contato com o pêlo. Escovaçao em gatos é algo que deve ser um cuidado rotineiro, mas em pessoas alergicas, sempre que possivel. Quanto menos pêlo solto, menor a possibilidade de crises.


Furminator, a milagreira! 

Uma coisa que meu pai sempre se preocupou foi quanto ao banho de nossos gatos. Quando morávamos em casa, com terra, plantas e jardins, todos os 8 eram banhados uma vez por semana e deixados para secar ao sol. Aqui em casa o Arthur toma banho uma vez por mês, mas gatos de pêlo longo necessitam ser banhados ao menos de 15 em 15 dias.

Para saber mais sobre banho em gatos, leia - http://amoremiados.blogspot.com/2011/10/banhando-gatos.html

Também é necessário uma limpeza nas mantas e caminhas que o animal utiliza. O Arthur tem 3 mantas espalhadas no meu quarto, fora um colchonete que fica no quarto da minha mãe. Uma vez por semana retiro todos os pêlos mortos com uma escovinha adesiva e pelo menos uma vez por mês lavo as mantas. Sempre que possível mando todas elas para lavar à seco. Todas as mantas pegam o sol da manhã, para ajudar a eliminar ácaros. 

Para pessoas que moram em cidades onde há inverno é importante aproveitar o sol, já que aumenta a chance de bolores pela baixa temperatura, o que contribui para crises alérgicas. 

Nossas roupas de cama, toalhas e roupas de uso diário devem ser lavadas com sabão de boa qualidade, colocadas para secar no sol e passadas no ferro. Uma vez por semana trocar lençóis e toalhas. A casa de um alérgico deve ser aspirada e pano molhado deve ser utilizado também uma vez por semana. A cama deve ficar em um local onde o sol da manhã possa alcançar e o colchão deve ser virado e batido uma vez ao mês. 

Deve-se ter atenção quanto a produtos de higiene, como shampoos, sabonetes, desodorantes, etc. Alguns deles possuem corantes e outras substâncias que podem provocar alergia por contato, o que também acontece com alguns tipos de alimento.

Em resumo, não é necessário privar-se de ter cães ou gatos, apenas é preciso uma atenção extra a certos detalhes. Se sua alergia for mais severa, evite que os animais entrem no seu quarto e deitem em sua cama.

É uma ironia do destino que eu, que gosto tanto de gatos, tenha alergia à eles, mas isso não me impede de ter um e ajudá-los :)

beijos sem espirros :)

Fico triste quando as pessoas desistem de seus animais utilizando este argumento. Meu pai, como médico, também lamenta quando seus colegas de profissão, desinformados e desatualizados, colocam nos bichos a culpa por coisas que podem ser evitadas. 

Simples medidas fazem com que o Arthur seja um feliz gato de uma familia alérgica, nós nunca tivemos nenhuma crise com a presença dele em casa. E todos os dias um alergista beija a cabeça do Arthur quando chega  do trabalho :) 

7 comentários:

  1. Ótimas informações. Sempre ouço de algumas pessoas que acham estranho o foto de dar banho na Cindy. Aprendi isso com vc, pois tb achava o mesmo antes de te conhecer. Certamente o fato de dar banho nela ajuda muito em nossa convivência, pois antes de vc me provar que era possível eu conviver com um gato, caso ele fosse bem limpo, eu não podia chegar perto de um. Mas qt ao fato de lavar caminhas e mantas... bem, a Cindy dorme em todos os lugares que vc possa imaginar, a não ser na linda caminha que compramos. :D

    ResponderExcluir
  2. Tenho rinite e tenho gatos... Escovação diária e banho realmente amenizam bastante, e nem tenho crises...
    Peguei a dica da escovação e do banho no post sobre banhos.
    Adoro seu blog e ja o li quase que inteiro.
    Nunca comentei pq sou preguiçosa..
    bjs e esperando ansiosamente pelo proximo post!

    ResponderExcluir
  3. Este artigo está muito bom, com informações e dicas importantes! Gostei muito deste artigo ser escrito na primeira pessoa e tendo médicos especialistas em alergias como exemplos!
    Gostaria de convidar você a ler este artigo no meu blogue sobre o mesmo tema e a dar a sua opinião: http://curiosidades-felinas.blogspot.com/2011/02/alergia-gatos.html
    Obrigada e parabéns pelo bom trabalho! =^.^=

    ResponderExcluir
  4. Olá meninas
    Tenho 5 gatos e meu filho só é alérgico ao mais velho, ele pode brincar com qualquer um sem problemas mas chegou perto do Fred o nariz fica vermelho começa a cafungar e espirrar...
    Eu tenho asma, bronquite e enfisema... presentinhos do cigarro... mas só tenho crises se não tomar meu remédio, minhas alergias são mais com poeira... por isso não tenho tapetes, minhas cortinas são de renda leve que dá pra jogar na máquina e pendurar pra secar no próprio trilho e não uso vassouras comuns, uso aquelas que se coloca uma capa de lã, não levanta poeira e agarra os pelos que é uma beleza... graças a isso tenho 4 filhos lindos e um netinho muito fofo... todos muito peludos... rsrs

    ResponderExcluir
  5. Muito esclarecedor! Parabéns pelo post! Bj Fabi!

    ResponderExcluir
  6. Minha irmã mais velha deixou o gato da minha sobrinha (filha dela) na casa da minha mãe, sob o argumento do médico, a respeito da alergia. Só que ela comprou uma cadela que soltava mais pelos que o gato, pode um negócio desses?

    Neste ano, tive que ouvir de outro médico que eu deveria eliminar meus gatos, as paixões da minha vida... Eu não fui na conversa dele; troquei de médico. Eu também sou alérgica e a proximidade com os animais não pode ser restrita devido aos alarmes incorretos...

    ResponderExcluir
  7. Magnolia de Almeida fernandez8 de janeiro de 2013 20:38

    Valeu a ajuda,vou providenciar a escova e o banho, eles ja tomam, so que no ultimo banho fui mordida e tive muitos arranhões, vou olhar como faço para dar banho sem me machucar. Quanto a caminha e mantas, eles dormem em qualquer lugar, então já tomo o cuidado de fazer trocas diarias em casa, antes deles ja era assim por causa das alegias da familia, não tenho tapetes nem cortinas e a limpeza da casa é duas vezes ao dia as vezes ate tres, limpo toda hora passo pano de chão com sabão,alcool e alvejantes, ja era assim. Tbm beijos os meus, eles ate conversam comigo, quando pego um deles que adora colo, chega ate fazer carinho no meu rosto com a patinha. Mas gostaria de saber sobre o xixi, o porque de tanto xixi e na casa toda, ate nos armarios,cama,mesa todo lugar que imaginar ele Fred sai fazendo seu xixi e, se tem algum lugar que faça castração que o custo não seja muito auto, são três Fred, Tigre e Neymar(adora brincar com sua bolinha).

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.