15 de fev de 2012

Gatos adultos, apaixonantes :)

Apesar de conhecer o Arthur desde que ele tinha 3 meses de idade e morava na lixeira do meu prédio, foi somente com quase 1 ano que ele se tornou oficialmente meu e também se tornou um gato de apartamento.

Eu adoro filhotes, já criei vários, mas depois de tanto tempo lidando com adultos adoráveis e que sofreram abandono, tenho que admitir que criei preferências, principalmente pelo preconceito que os gatos mais velhos - mesmo que um gato só se torne realmente adulto aos 3.5 anos de idade - sofrem na hora da adoção.

idade dos gatos, em relação à nossa :)

Gatos adultos são maravilhosos. Como a maioria já foi domiciliado antes do abandono, geralmente são animais muito carinhosos e brincalhões, ao mesmo tempo em que são mais delicados durante brincadeiras, tomando cuidado para não derrubar objetos ou morder com força, ao contrário dos filhotes.

Gatos adultos são altamente adaptáveis a uma nova situação e familia. O Arthur, com quase 1 ano de rua, soube usar imediatamente a caixinha de areia, aprendeu rapidamente o que podia ou não fazer aqui em casa e nunca teve comportamentos como arranhar moveis e tentar roubar comida da mesa.

Logicamente que grande parte desse bom comportamento dele foi resultado da castração aos 6 meses de idade, enquanto ainda morava nos jardins do prédio.

Animais mais velhos doados por protetores sérios, além de castrados, estarão com todo o esquema vacinal feito, vermifugados e sadios, o que acaba tornando-o mais "em conta" do que um filhote no momento da adoção, que ainda  irá precisar de mais uma dose da vacina multipla e ração de filhotes até um ano de idade, que costuma ser um pouco mais cara do que a ração de adultos.





Se você mesmo tirou o gatinho da rua, leve-o ao veterinário para um check-up geral e providencie logo a castração para uma melhor adaptação ao novo lar :) 

Outra coisa a considerar de um adulto é a personalidade. Um filhote adorável pode mudar enquanto cresce e você, que gosta de afofar o seu pet, pode acabar com um que fica arredio à colo e não gosta de ficar perto das pessoas.  O adulto é exatamente aquilo que se mostra :)

Adultos são mais tranquilos, se adaptam bem aos horários e rotina da casa, não se importam com horas de solidão enquanto você trabalha, mas estão sempre dispostos nas horas de brincadeiras :)

E o mais importante, gatos adultos, infelizmente, são deixados para trás, não somente pela idade, mas também por sua pelagem. A maioria das pessoas preferem filhotes branquinhos de olhos azuis e parecem que se esquecem que aquele bebê também irá crescer.

Como mãe de um "tigrado comum" que veio a ser meu com 1 ano de idade, falo com segurança que ele é o gato mais perfeito que existe e nem mesmo um filhote escolhido a dedo seria tão "nosso" quanto o Arthur é  :)

Adotando um gato de 1, 4, 5, 9 anos, ele ainda terá vários anos a frente para devolver o amor pela chance que você deu a ele. Vale muito a pena! :)

E, para finalizar, o primeiro panfleto de conscientização em que o Arthur aparece, pois, sem modéstia por parte dessa mãe apaixonada, não teria um modelo melhor :)



2 comentários:

  1. Eu peguei os meus gatos filhotes, na verdade foi tudo meio que por acaso. Eles eram da vizinha, que viviam jogados na rua, e acabaram ficando com a gente. Mas se eu escolhesse adotar um gato hoje, com certeza pegaria um adulto. Não entendo esse preconceito, animais adultos são muito melhores penso eu. Dá pra ter uma boa noção de personalidade, o que pra mim é muito importante ao adotar..

    ResponderExcluir
  2. Olá, sou apaixonada por gatos...adotei a Morgana há 04 anos, quando ela tinha 8 meses de idade, já castrada, e hoje ela é minha melhor amiga, companheira de todas as horas. Sempre quando chego em casa ela vem me receber na porta, é carinhosa, obediente, brincalhona...não vejo minha vida sem ela! Eu a amo de todo o meu coração, assim como amo a todos os animais, mas ela foi a melhor coisa que me aconteceu nos últimos anos!! Vale muito a pena adotar!
    Beijos no coração!♥
    Mari

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.