29 de fev de 2012

Gatos de pêlo longo - Banho em casa


Continuando nossos posts sobre cuidados com gatos de pêlo longo, a querida Claudia, mãe da Sofia e Cindy, irá nos descrever o passo a passo dos cuidados com o pêlo e higiene que utiliza com suas gatinhas, em sua casa :) 

Banhos em casa asseguram uma maior tranquilidade ao animal, já que gatos são extremamente ligados a seu ambiente. Tambem diminui o stress de levá-los a um petshop cheio de cães latindo e aumenta a segurança em relação a higiene, evitando doenças dermatologicas que possam ser adquiridas com o uso de banheiras de outros animais. 

Primeiro, separo todos os acessórios que irei usar: gazes, lenços de papel, cotonete, algodão hidrófobo, pente duplo de cabo de madeira (dentes largos e estreitos), cortador de unha, máquina de tosar, tesoura, secador com suporte, toalhas, bancada para banho, xampu desengordurante e neutro, ambos específicos para gatos.

Antes de banhar, faço a tosa higiênica. Nesse momento, peço ajuda ao meu assistente para segurar a gatinha, que no caso é meu marido. Começo fazendo a tosa no bumbum, passo a maquininha e faço o acabamento com a tesoura. Na barriga, uso a maquininha novamente. Costumo tosar as patinhas somente com a tesoura, como são muito peludos e pisam na caixa de areia com xixi, então, ajuda a amenizar a formação de umidade nestas regiões.

patinha tosada, por baixo 
patinha arrendondada :)

Realizo a higienização nos ouvidos com o uso de cotonetes ( CUIDADO! nunca introduza cotonetes no canal auditivo do seu gatinho, isso pode machucá-lo gravemente. A limpeza deve ser feita na parte com ondulações na orelha. Se você não sabe usar o cotonete, use um pedaço de algodão para evitar acidentes. ) Em seguida limpo os olhos, primeiro passo um lenço de papel para secar as lágrimas, depois, com ajuda de gazes umedecidos na água, retiro a parte mais grossa da sujeira e posteriormente, passo novamente outro lenço de papel para secar a região. Penteio bem com o objetivo de retirar os pêlos mortos, corto as unhas e com o algodão hidrófobo, protejo os ouvidos no intuito de não entrar água durante o banho. 

Antes de molhar com o chuveirinho, verifico a temperatura da água que tem que estar morna. Coloco a gatinha em cima da bancada. Uso o jato do chuveirinho bem fraquinho para não assustar e vou molhando. Não lavo a cabeça, então é só o corpo do gatinho. Passo o xampu desengordurante primeiro, enxáguo e depois passo o xampu neutro. Enxáguo bem, até ter a certeza de que não há nenhum resíduo dos produtos. Não uso condicionador. Isso tudo é importante porque vai diminuir o tempo no secador e evitar a formação de nós.

Ao retirar do banho, uso uma toalha bem macia em que envolvo toda a gatinha, deixo alguns segundo assim, em seguida, retiro o excesso de água com a mesma toalha. Pego outra toalha seca, enxugo mais uma vez. Penteio com pente duplo usando o lado dos dentes largo, cuidadosamente e devagar, para não quebrar os pelos e retirar o excesso de água entre eles. 

Ligo o secador não direcionado para a gatinha, assim, irá se acostumar com o barulho do aparelho. Verifico a temperatura que tem que ser média. Posiciono o secador no suporte para que fique afastado por no mínimo uns 30 cm da gatinha. O vento do aparelho deve ser direcionado em sentido ao contrário dos pêlos. Vou secando primeiro a parte traseira até chegar mais próximo da cabeça. Finalizo com o vento frio, desligo o secador e retiro o algodão. 


Pende duplo de cabo de madeira, um lado dos dentes
são mais largos e do outro, um pouco estreitos.

Lembre-se que a pele do gato é muito sensível, por isso que o secador precisa estar afastado e com temperatura média. O uso do vento frio seria para baixar um pouco a temperatura do corpo ocasionado pelo secador.

Acho importante ter o suporte, porque são muitos minutos de uso de secador no gatinho de pelo longo. Uma maneira de você não se cansar e ficar com as mãos livres para ajudar a secar mais rápido.

Dou banhos somente em dias quentes e que não esteja chovendo. Além de evitar do gatinho ficar doente, também ajuda a secar melhor e assim, não ter problemas dermatológicos. Outro ponto que considero importante, se você não sabe usar a máquina e/ou a tesoura, não faça a tosa. 
Neste caso, vale mais a pena pedir para um profissional fazer.

Após o término do procedimento, higienize bem os aparelhos antes de usar em outro gato ou guardá-los.
Quem me ensinou a fazer o banho e a tosa, além de toda a higiene, foi a veterinária que cuida das minhas gatas. Portanto, acho importante pedir orientação de quem tem experiência.

Bom banho para os gatinhos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.