26 de mar de 2012

Amor Tricolor #9 - Jórgea


A nossa nona tricolor amada é daqui mesmo de São Luís :)

A Rosane gentilmente divide conosco a história de sua Jorgea, uma gatinha sobrevivente e muito especial :)

"Jórgea entrou em minha vida no dia 2 de junho de 2007 em uma noite que prometia muita chuva. Quando vi aquele gatinho pequeno, magro e mancando decidi que ao relento ele não iria dormir. Mobilizei a vizinha e após muitas tentativas e já chuviscando grosso conseguimos pegá-la. Juro que me assustei, ela era literalmente pele e ossos!

Quando a levei pra dentro de casa outro susto, ela não tinha uma das patas traseiras e uma das dianteiras estava tão inchada que parecia uma bola. Ao examiná-la mais atentamente percebi que havia um buraco na patinha, ou seja, alguém a perfurou de maneira que varou de uma lado para outro!



No início, pensávamos que ela era macho e por ser tão arisca, não pudemos de imediato confirmar o sexo e então lhe demos o nome de Jorge. Ao perceber o engano, apenas adaptamos e passamos chamá-la de Jórgea. Na época não tinha intenção de ficar com mais um gatinho, pois já tinha três! Queria apenas tratá-la e a colocá-la para adoção.





O tempo passou, ela cresceu se curou e por conta de sua "deficiência" ninguém quis adotá-la, mas também nem iria mais permitir, pois todos na casa já estavam afeiçoados à ela e a casa ela já via como dela, então mais nada podia fazer.

Por ignorância minha, ela engravidou, mas não posso reclamar, só tenho a agradecer, pois ela me deu Pepsi e Negresco, duas jóias. A Jórgea apresenta muitos problemas de comportamento, é uma gatinha geniosa e territorialista ao extremo, tanto que não interage com nenhum dos gatos da casa, inclusive chega a ser violenta.

Hoje, assim como os outros ela já está livre! É castrada e terá
uma vida feliz para sempre! 

Azar de quem não a quis!!!

Jorjita a minha gatinha tricolor e tripatinha!"




"Se tudo é imperfeito neste mundo imperfeito, o amor é o 
que há de mais perfeito em sua perfeita imperfeição."

Gunnar Björnstrand 






5 comentários:

  1. Linda história! Perfeita!
    Mirella Brito Rosa

    ResponderExcluir
  2. Ai que história linda! Infelizmente tem muitas pessoas cruéis na rua ;-( fico feliz que agora ela está bem, linda e muito bem cuidada!=)
    Bjinhaaaus
    Wayne

    ResponderExcluir
  3. owwwwn que coisa gostosinha *o*
    se eu pudesse pegaria mesmo sendo uma tripatinha <3
    saudade de ter uma coisa peluda ronronante por perto
    tem gente que não tem sentimento quando se trata de bichos
    impressionante a maldade que fazem com os pobrezinhos =/

    adorei o blog, trabalho lindo o de vocês ^^

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.