13 de mar de 2012

Coleiras em gatos - Yes, they can!

Todos os dias vejo dezenas de compartilhamentos de animais perdidos ou que fugiram.

Alguns deles são fruto da total irresponsabilidade dos donos que não castram e ainda deixem que os gatos - e cães também - deem uma "voltinha" na rua. Mas, alguns casos de desaparecimento são realmente acidentais.

Cabe a nós, como guardiões, prevenir fugas e aumentar as chances do animal perdido voltar para casa, já falamos de algumas dessas medidas aqui - http://amoremiados.blogspot.com/2011/12/evitando-fugas-e-trazendo-o-bichinho-de.html

Hoje vamos falar sobre coleiras em gatos. Sim, gatos podem e devem usar coleiras com placas de identificação, mas ao contrário dos cães, o modelo para gatos precisa ser especificamente para eles, para evitar acidentes.

Lembrando que estamos falando aqui de gatos com criação indoor. Colocar uma coleira no gato, mesmo castrado, e deixá-lo ter acesso à rua é um crime, pois lá fora eles podem ser vitimas de doenças, ataques de outros animais e maldade humana.


Em outros países é algo comum ver gatos encoleirados e com plaquinhas andando pelo bairro, mas lá eles são protegidos por leis rigorosas e os vizinhos em bairros residenciais, em sua grande maioria, respeitam gatos alheios. No meu bairro, em Toronto, os vizinhos deixavam potes de água e até almofadas para os gatos da vizinhança. 

Primeiramente, como qualquer guardião de gato já sabe, produtos para nossos felinos são difíceis de encontrar pelo Brasil, se consideramos com a quantidade absurda de acessórios disponíveis para cães.

Algo essencial para uma boa e segura coleira de gatos é que seja de material INTEIRAMENTE elastico e leve. A unica coleira que conheço no Brasil desde material é a da linha Aristogatas, da empresa São Francisco. Coleiras para cães de pequeno porte NÃO DEVEM ser utilizadas em gatos.

Arthur e uma das dezenas de coleiras da linha Aristogatas que ele já teve :)
Coleira vermelha :)
coleira laranja :)

O Arthur usa coleiras desde que o adotei, quando ainda morava nos jardins do prédio. Só tive problema uma vez com uma coleira que, apesar da propaganda, não soltava o bastante quando o animal se engancha-se em algum lugar e ela foi direto para o lixo assim que percebi o problema.

Desde então ele utilizou as coleiras dos Aristogatas, assim como outros gatinhos meus que iam para adoção, sem problema. A unica desvantagem delas é que o material é fino e acaba ficando velho e feio em menor tempo, se compararmos com coleiras importadas, exigindo a mudança com maior freqüência.

Heitorzinho, 2 meses de idade e usava coleira sem problema :)

Ao contrário do que as pessoas acham, os gatos NÃO se incomodam as coleiras.

Eles apenas ficam curiosos, mas se você tirar toda vez que eles mostram alguma curiosidade, nunca irão se acostumar.

E os guizos também não trazem desconforto. Em casos de gatos que moram em casas com quintais SEGUROS, para impedir que matem passarinhos e que se escondam entre as plantas. Aqui em casa, mesmo sendo apartamento, é essencial que o Arthur tenha guizo para sabermos onde ele está.

Quando passei o verão em Toronto, fiquei fascinada com a quantidade de produtos oferecidos para gatos, de todos os tipos, cores, etc. Um verdadeiro paraíso. As Petsmarts da cidade oferecem corredores inteiros somente para os donos de felinos :)

Infelizmente eles não entregam no Brasil, mas para quem quiser babar nos produtos para gatos - http://www.petsmart.com/category/index.jsp?categoryId=2767033

As coleiras para gatos em outros países passam por um rigoroso controle de qualidade e segurança.
Todas elas precisam ter um "botão" de segurança que automaticamente abre a coleira com qualquer pressão maior, que indica que o gato ficou preso em algum lugar.

Abaixo algumas coleiras que trouxe do Canadá para o Arthur:


coleiras refletoras

Algumas dessas coleiras com o "botão de segurança" já são encontradas em petshops grandes no Brasil, já as vi na Cobasi e PetCenter Marginal, em SP, mas os preços estavam um pouquinho mais caros.

O ideal é acostumar o gatinho com a coleira assim que possivel. Por isso é importante que sejam de material leve, para o filhotinho.

Animais adultos se adaptam com coleiras também, sem problemas. Mas dependerá do dono, se toda vez que o gato se demostrar curioso, você a retirar, ele NUNCA irá se acostumar.

Em todo esse tempo que coloco coleiras em gatos, jamais testemunhei um acidente com coleiras proprias para eles. Além disso, não somente para gatos, acredito que mais do que um acessório, são uma ferramenta imprescindivel para ajudar o animal perdido a voltar para casa.


Uma placa de identificação é algo barato e simples de fazer e de boa qualidade, pode durar vários anos.
Em outros países, além da placa com o nome do animal e telefone de contato, também se usam outras plaquinhas com informações como: animal doente, animal castrado e o registro no órgão municipal competente.

plaquinha do Arthur tem o nosso telefone fixo e o nome dele :)

Durante o ano em que morou na rua o Arthur sempre ficou encoleirado e com plaquinha e desde que veio para o apartamento, só fica sem coleira no dia do banho, mas assim que seca completamente, volta a utilizá-la.

Já falei sobre as placas da Bayer, as Anjo da Guarda - http://www.bayerpet.com.br/anjo_da_guarda/

Elas não vem com o nome ou telefone do animal, mas com um numero de registro no sistema nacional do Anjo da Guarda. Ao pedir a plaquinha, o seu animal recebe um cadastro com fotos e dados.

No caso de fuga, você avisa o Anjo da Guarda e eles emitem uma nota para todas as pessoas no programa na sua região que seu animal está perdido. Quem encontrou um bichinho também pode telefonar ou acessar o site e, com o numero de registro em mãos, acessar os dados dele e devolvê-lo a sua familia :)

Eu sou a favor de qualquer tipo de ação que evite fugas e identifique o animal, seja coleiras, placas ou microchips, sem falar na castração que aumenta CONSIDERAVELMENTE o retorno do bichinho para casa.

É melhor prevenir do que arrancar os cabelos depois ;)

15 comentários:

  1. Gente, o Arthur é tudo de bom!!!

    Gostei da idéia das coleiras.

    Tenha uma ótima tarde!♥

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive medo de colocar coleira nos meus. As que achei aqui são elasticas e saem facil.
    Comprei a do Quincas, só falta a da Capitu e as plaquinhas.

    ResponderExcluir
  3. Esse Arhur é lindo e muito chique, cheio de coleiras linda e próprias pra ele, adoreeeeeei o post, muito bom!!!!!!=D
    bJINHAAUS
    wAYNE

    ResponderExcluir
  4. É comum encontrar coleiras elásticas em petshops e agropecuárias, mas se vc perguntar aos vendedores, geralmente eles tentam empurrar as de cachorros. Quando comprei a do meu Julian, tive q explicar à vendedora a diferença das coleiras. Além disso, ele tem a identificação e fica muito chique com aquela medalha, mas não consegui a da Bayer...tentei muitas vezes adquirir mas sempre dava erro na página. Sempre que ligava p a empresa, eles alegavam problemas técnicos e q em breve iriam solucionar...nunca fizeram. Seria bom se mais pessoas tentassem adquirir a medalha deles e reclamassem do site. Entretanto, o q mais ouço é q manter meu Julian dentro de casa é crueldade, um atentado contra a liberdade que os gatos devem ter. Ninguém da minha família, nem os q têm gatos, aceitam a criação indoor do meu peludo, porém, espero q ele viva muitos e muitos anos...sem acesso à rua sim, mas tb sem acesso à crueldade. É mt difícil mudar a mentalidade das pessoas...q gato feliz não é gato perdido na rua.

    ResponderExcluir
  5. Essas coleiras que você fala seriam essas aqui: http://unidogs.com.br/pet-line/pg_pesquisar.asp?chave=aristocats .
    Foi o único lugar que achei pra comprar online mas o preço tá bem salgado.
    Onde moro eu mal acho coleira pra gato e quando acho são aquelas fuleiras tradicionais, comprei uma quando ele foi castrado só por causa do guizo pra saber onde ele estava enquanto a anestesia passava, mas queria uma pra deixar o tempo todo pra sempre saber onde ele está pq minha casa é um tanto perigosa (reforma/construção)e eu tenho que ficar o tempo todo vigiando ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. são desse tipo sim, mas isso é um site americano...

      pelo que eu soube, elas estão em falta mesmo, mas você pode encontrar de outros modelos :)

      Excluir
  6. A minha Aika, preta linda, passou a usar coleira assim que a trouxe para dentro de casa. Adotei recentemente uma peludinha tigrada, a Mika, que também está com a sua coleirinha. Não as tiro nunca, pois, apesar da casa ter as janelas teladas, pode acontecer algum acidente,e elas acabarem fugindo. Não sei se com todos os gatos é assim, mas elas nunca estranharam as coleiras, nem tentaram tirar. As medalhinhas eu comprei de um site australiano, que tem modelos lindos, com marcação a laser e com garantia... E somente 3 dólares de frete :)

    ResponderExcluir
  7. Oi, vc pode indicar algum site (brasileiro ou estrangeiro) onde eu possa comprar essas coleiras? Moro em uma cidade onde é meio difícil encontrar esse tipo de produto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Keilla, a lojinha do FELINOS URBANOS recebe essas coleiras de doação, dos EUA, e vende para arrecadar recursos para os gatinhos carentes do projeto :) http://www.facebook.com/photo.php?fbid=548955108495220&set=a.408857205838345.92295.227890597268341&type=3&src=http%3A%2F%2Fsphotos-c.ak.fbcdn.net%2Fhphotos-ak-prn2%2F971478_548955108495220_1348269694_n.jpg&size=800%2C600

      Excluir
  8. Posso comprar a coleira aristogatas pela internet/?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não sei informar, mas essa pagina aqui tem coleiras importadas para venda, toda a renda é revertida para cuidados de gatos carentes :) - http://www.facebook.com/media/set/?set=a.408857205838345.92295.227890597268341&type=3

      Excluir
  9. Olá, tenho um gatinho de 7 meses que achei na rua, o nome dele é Mingau. Ele tem espírito livre e quando tinha 4 meses sumiu durante 3 dias, quase morri! Depois desse incidente nunca mais ficou muito tempo longe de casa. Ele sai no quintal, faz suas necessidades e volta. Dorme em casa toda noite e durante a tarde toda! Ele consegue puxar a coleirinha de elástico e colocar na boca. Isso me assusta muito, pois ele fica pulando feito louco, pois gruda e ele não consegue retirar sozinho. Queria saber se para o caso dele não seria melhor a de couro? Ele não gosta de coleira, mas tenho medo dele sumir novamente e gostaria que ele fosse identificado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "espirito livre" todos os gatos tem, a diferença é se o dono será responsavel para impedir que ele tenha acesso as ruas. pior ainda se não for castrado, pois irá contribuir com o numero de animais abandonados e sofrendo. em uma unica "saída", seu gato pode contrair aids e leucemia felina, que são doenças INCURAVEIS, além de PIF - peritonite infecciosa felina - que o pode matá-lo rapidamente. coleiras para gatos devem ter uma trava de segurança para soltar quando eles ficam presos, somente importadas são assim já que é uma regra em paises civilizados. para impedir que seu gato saia de casa, é necessario telas, ja que coleiras não criam uma barreira invisivel. mais importante do que a coleira, é a castração e uma casa segura.

      Excluir
  10. As coleiras da Zee.Cat (Zee.Dog) têm trava inteligente e soltam fácil mesmo. Eu uso. E sempre que meus gatos brigam, solta rápido.

    ResponderExcluir
  11. Camila castre seu gatinho e não deixe ele ter acesso à rua. Ele corre muitos perigos. Gatos são curiosos e saem mesmo se tiver esta possibilidade. Tele o seu quintal ou suas janelas e o mantenha dentro de casa. É o mais seguro.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.