23 de mar de 2013

"Estamos mudando..."


Este ano o Arthur completa 7 anos. E mesmo comemorando cada aniversario, tendo mais cuidado com ele do que comigo, essa semana eu tive que abrir os olhos ao fato de que meu filho está envelhecendo.
E que, infelizmente, a vida dele será mais curta que a minha, mesmo que ele chegue a uma velhice saudavel.

No dia 19/3 , estava usando o pc no quarto, como sempre faço antes de ir para o trabalho, umas 10hrs, o Arthur pulou de volta pra cama com a terceira palpebra aparente.

Arthur, em 18/03 - olhos normais 

A terceira palpebra, quando exposta, indica que algo está errado. Uma infecção ou infestação de vermes. 
Corri com ele para o veterinário, pois em todo esse tempo, ele só teve um problema de saúde. 

No veterinário o Arthur foi examinado, tirou sangue para uma bateria de exames ( que eu já estava planejando fazer ) e foi receitado dois colirios. 

E a espera do resultado do exame fez com que eu tivesse o pior aniversário da minha vida. 
Os exames sairiam no final do dia 20/03. Um gato que está quase 2 anos comendo ração de calorias reduzidas de forma regrada, está com colesterol e outras taxas relacionadas a um animal obeso, altas. 

Arthur e Baunilha em 20/3 - terceira palpebra à mostra 

Os exames também sugeriram a necessidade de vermifugação, isso num animal vermifugado no começo de fevereiro. E a cretinina dele também está no limite aceitavel, resultado dos "niveis elevados de proteina na ração".

A unica explicação que eu posso ter para a parte do colesterol é o roubo sistematico da ração da Baunilha 
( a gatinha da foto ), que está aqui em casa desde dezembro e, como toda ração de filhotes, bem mais gordurosa e calorica comparado com as necessidades de um animal adulto. O Arthur faz coisas inacreditaveis para roubar a raçao dela, inclusive aprendeu a abrir o armario e rasgou o saco de ração. 

No momento ele está sendo tratado. A terceira palpebra regrediu 90% mas ainda permanece exposta. 

A Baunilha começou ontem a primeira parte da transição para alimentação natural, para mais tarde o Arthur também começar a se alimentar assim. 

Baunilha chegou aqui em casa em dezembro. Minha mãe a tirou do motor de um carro, pesando 400 gramas e cheia de vermes. Demorou quase 2 meses para que ela ficasse plenamente saudavel, pudesse ser vacinada e castrada.  E ela está aqui, em teoria, esperando uma familia, até que o Brandon ( um gatinho do Felinos Urbanos que está para adoção desde dezembro/2012 ) seja adotado e apareça alguem para ela, que dê o mesmo nivel de cuidados que ela recebe aqui em casa. 



Baunilha é uma gatinha encantadora, ronronenta e que me deu 2 sustos nesse tempo de convivencia, pelo alto grau de debilitação que ela se encontrava.

A adaptação dela com o Arthur foi longa, mas surpreendente para um gato que, até então, era extremamente agressivo com outros. Eu brinco dizendo que ele a aceitou pois foi a avó dele que trouxe e ele é um tremendo puxa-saco. Meu pai é absolutamente apaixonado por ela e a bichinha sabe encantar como ninguem :) 

mini-zilla e catzilla :) 

Desde que ela chegou o Arthur está brincando mais. Ele está mais feliz e até mesmo se interessou na primeira prova de AN que ofereci a ela. Tenho fé que ela será um otimo exemplo para que um gato que não sabia o que era conviver com outros gatos, aceite a alimentação natural. 

Simplesmente cansei dessa briga com rações secas e o fantasma sempre presente de problemas urinarios e renais baixou de vez. Mesmo que os veterinarios que cuidam dele estejam dizendo que não é nada de alarmante, que tudo pode ser revertido, desde o dia 19/03 eu não durmo bem, fico o tempo todo preocupada com ele, vendo os horarios para os remedios e observando qualquer alteração. 

Ele está comendo bem, brincando, usando o banheiro normalmente. 

Sei que para a maioria das pessoas parece muita preocupação por um "simples gato", mas como sempre digo, ele mudou minha vida. É o maior amor que possuo nos últimos anos. É quem me fez levantar e jogar uma agua no rosto quando tudo o que que queria era ficar enrolada no escuro. 

Me sinto a pior e mais negligente das mães e toda vez que olho para essas pálpebras aparentes, tenho vontade de chorar. 

Nós estamos mudando. Estamos envelhecendo juntos, eu com meus 30 anos recém completados e ele com os 7 que virão em breve. 

Há muito a ser feito. Há muito a fazer para que estes proximos anos sejam melhores e mais longos, pois mesmo que o futuro seja inevitável, eu quero que o Arthur seja um idosinho saudavel, mesmo para evitar idas frequentes ao veterinário ( além do necessário ), pois isso acarreta muito stress a ele. 

Quero poder retribuir, com tudo o que estiver ao meu alcance, por todas as coisas boas que ele proporcionou à minha vida. 

"Estamos mudando, estamos mudando.
Compartilhamos os anos, compartilhamos os dias
Através do amor encontramos nosso caminho... "

Changes - Ozzy Osbourne 

8 comentários:

  1. Que lindo esse post e que esclarecedor também.
    O Nelson, o Barto e o Ébano estão indo para o sétimo ano e não há como mensurar o amor que tenho por eles.
    Um beijo e obrigada pelo que vocês faz!

    ResponderExcluir
  2. ele vai ficar bem, e terá uma vida tranquila e feliz, pode acreditar! Só o fato de darmos amor a esses bichinhos já fazem a vida deles ser muito mais colorida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Melhoras pro Arthur! Não acho exagerado o amor que sentimos pelos nossos felinos. Assim como você, meu gato mudou a minha vida pra melhor. O mínimo que posso fazer por ele é dar alimentação adequada, cuidados veterinários e muito carinho. A Baunilha parece parente do Arthur já que os dois são tigradinhos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Vish, ta parecendo que Baunilha não sai mais dessa casa, não... Ainda mais que o Rei Arthur já a escolheu!! Não é um 'simples gato', a gente que convive com eles sabe bem disso! Fico sempre torcendo pros meus gatos entrarem pro guiness de mais idosos já registrados na história da humanidade!! Hahahaha... Sobre a AN eu acho uma boa, mas minha Alice é chatonilda, não aceita nada que não seja filé. O Chico é como baunilha: come pedra se tiver cheiro de carne!

    ResponderExcluir
  5. Primeiro, quero te agradecer pelos artigos tão incríveis.Que duplinha mais linda essa do Arthur e a Baunilha. Quero te contar minha experiência com a alimentação natural. Meu gatinho era obeso, assim como o seu, bem gordinho e lindo. E tem a doença do trato urinário inferior (eu o adotei aos 3 anos, era um gato de rua, bem doente, logo teve que fazer uma grande cirurgia onde quase faleceu). Como já não aguentava mais as idas ao veterinário frequentes, antibióticos e vê-lo engordando cada vez mais, apesar de comer a ração de dieta. E parecia sempre com fome, roubando comida do meu outro gatinho. Enfim, depois de uma consulta a uma homeopata veterinária tudo mudou. Alimentação natural, homeopatia e suplementos. Ele ficou lindo, forte, mais magro, com mais pêlo e muito mais feliz, mais saciado, pois adora a comidinha crua. Vai dar tudo certo, seja perseverante.

    ResponderExcluir
  6. O nome do meu gato é Baunilha, hahaha. Morri! *___*

    ResponderExcluir
  7. Ola, minha gata tá com a pálpebra aparente... o que o vet disse que era? Levei ela no vet, só receitou colírio... to com medo de ser algo mais grave, já faz 6 dias. Ela teve contato com outros gatos, poi viajamos estou na dúvida se dou vermífugo, pois dei em março...

    Att.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palpebra aparente podem ser INUMERAS doenças. Somente um hemograma + bioquimico completo pode indicar problemas de saude mais graves e até mesmo descartar outras doenças. Seu veterinario não pode afirmar ou passar um colirio sem ter certeza do que acontece.

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.