29 de mar de 2015

Escolhendo um bom patê de lata para seu gato

Parte de entrevista da Dra.Karen Becker, veterinária holistica, à Dra.Lisa Pierson, uma das mais conceituadas especialistas em felinos dos EUA, criadora do CatInfo.org , o mais conhecido website sobre manejo alimentar e alimentação natural crua para felinos. 

Entrevista original - http://healthypets.mercola.com/sites/healthypets/archive/2014/12/14/cat-health-nutrition.aspx

Perguntei à Dra.Pierson para compartilhar seu conhecimento e ajudar os donos de gatos que ficam na frente das prateleiras em petshops, tentando escolher um patê de lata mais adequado entre as várias opções disponíveis. 

em outros países existem CENTENAS de opções disponiveis pois alimentar os felinos somente com comida umida é um habito consolidado 

Dr.Pierson relata que, quando ela estava começando seu website, ela listou 4 niveis de qualidade em patês de lata. Friskies e outras marcas que contem apenas SUBPRODUTOS são os níveis mais baixos. Em terceiro lugar estavam as marcas com algum subproduto, mas que também contem um pouco de carne    ( como pedaços de carne de boi, de galinha ou até mesmo carne desossada de frango, etc ). O segundo lugar seria para marcas que não possuem subprodutos, mas possuem qualquer tipo de grãos. E, o top dos patês de lata, seriam aqueles que não possuem subprodutos e também são completamente livres de grãos.

No entanto, nestes anos de experiencia, Dr.Pierson tem novas observações nessas 4 categorias. 

Primeiro, não existem patês completamente livre de grãos. É um marketing enganoso na grande maioria das vezes, já que a inexistencia de grãos não garante a inexistencia de carboidratos. Muitos fabricantes estão vendendo "GRAIN FREE" e colocam batata e ervilhas na formula, que tecnicamente não são grãos, mas são elementos cheios de amido e carboidratos que são inuteis e maleficos para gatos. Então muitos compradores são enganados por estes rotulos grain free quando grãos não são os unicos ingredientes que devem ser evitados em comidas para gatos.

Dr.Pierson explica que não necessariamente todos os subprodutos são problemáticos, já que alguns como o cerebro, olhos, baço e figados, são muito nutritivos. Então, ao rescrever essa parte de comidas comerciais no seu website, ela percebeu que a Friskies não era tão ruim assim. 

o patê de lata é a segunda melhor opção atrás da alimentação natural 

A gata da mãe dela tem 17 anos, é muito saudável e só comeu patê de lata Friskies a vida inteira ou outras marcas de menor custo e mais populares. 

Hoje em dia a Dra.Pierson prefere utilizar estes termos do que dizer que são de baixa qualidade, já que ela não acredita mais que estas marcas são completamente ruins.

A quantidade de proteinas e gorduras também determina o preço e qualidade dos patês. Proteina é cara e gordura é barata. A carne ( não os subprodutos ) é de melhor qualidade e, portanto, mais cara. Então, os patês acabam tendo talvez 30% de proteina ( ao contrário de uma presa inteira que possui 50-70% de proteina ) e são extremamente gordurosos e isso realmente não é bom para o animal. 

A verdade é que, a maioria dos patês que dizem ser GRAIN FREE na verdade possuem um alto nivel de gorduras e com baixos teores de proteina de qualidade. Uma marca GRAIN FREE pode acabar tendo apenas 30% de proteina, enquanto marcas mais populares, como a Friskies, Whiskas, etc, podem ter até 45% de proteina bruta. E é aí que chegamos na conclusão que aquela lata do supermercado pode não ser tão ruim assim. 

ler e comparar os rotulos é uma otima maneira de achar o patê mais nutritivo 

Alimentar seu gato com qualquer tipo de patê, mesmo as marcas mais baratas, acaba sendo muito melhor do que alimentá-lo com ração. Encorajar os clientes a oferecer alimentação natural é um hábito em meu consultório, mas se eles não podem, o patê de lata é a melhor alternativa. 


Então, se você pode oferecer alimentação natural ou um patê de lata de lata qualidade, isso é ótimo. Mas, se você não puder, ofereça um patê de lata comum para prevenir as doenças relacionadas ao manejo alimentar inadequado. Ração nunca deveria ser uma opção. 

o que você acha que é mais adequado para um carnivoro estrito? 



Algumas pessoas dizem - nossa, você realmente não gosta de ração. E realmente não gosto. Ração deveria ser aquela ultima alternativa para aquele proprietário que não pode MESMO oferecer alimentação natural ou patê em lata ou se o gato se recusa, após várias tentativas e insistência, a comer patê. 

Infelizmente, gatos que passam muito tempo comendo ração são muito resistentes à mudança de alimentação ( e é por isso que sempre recomendo o patê de lata ou alimentação natural desde filhotes ) e, especialmente, no caso de gatos doentes, é muito mais importante que eles comam algo do que forçar uma mudança de alimentação, já que longos periodos sem alimento destroi o figado deles. 

12 comentários:

  1. Respostas
    1. O ideal é oferecer separado, ja que são dois tipos de alimentos bem diferentes. A ideia do patê é aumentar o consumo hidrico e melhor digestibilidade, se você mistura com ração estará anulando esses beneficios.

      Excluir
  2. Você pode sugerir os patês que seriam melhores que Friskies e Whiskas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao existe mais patês de lata da friskies à venda no Brasil. O sabor e vida está sendo a melhor opção por níveis de garantia no momento

      Excluir
  3. Como minha gata come apenas ração e é desregrada nos horários (como várias vezes ao dia, embora apenas a porção específica para o dia em questão), se for introduzir o patê de lata, como faço? Quero dizer, uma latinha é o equivalente a uma refeição diária?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gatos não precisam comer várias vezes ao dia. Isso acontece pq a ração causa pico glicemico neles ( sensação de saciedade ), mas como são carnivoros estritos que não processam carboidratos, logo ficam com fome novamente e vira um ciclo repetitivo. O patê não pode ficar exposto por muito tempo, deve-se oferecer e no final, quando o animal terminar de comer, retirar os restos ou guardar na geladeira. A quantidade irá variar muito a cada individuo, tem gatos que comem apenas 1 colher, outros 2x e por aí vai. Como o patê possui quase 0% de carboidratos, eles conseguem se saciar de forma verdadeira, duas a tres refeições diárias é o usual

      Excluir
  4. Posso colocar leite p umedecer a ração?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ração molhada aumenta a probabilidade de fungos e outros organismos nocivos e pode causar colicas, diarreias, etc. Gatos são intolerantes a leite de vaca, então não deve ser usado.

      Excluir
  5. estou adorando o seu blog, adotei um SRD que jogaram na rua, nem desmamado estava, a veterinária disse para dar um pouquinho de leite desnatado pela manhã e a noite, está tão errado assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gatos, especialmente filhotes, tem intolerancia a leite de vaca. o correto é comprar leites substitutos proprios para filhotes que vendem em petshops, pois o animal pode morrer de diarreia

      Excluir
  6. Patê e Sachê são igualmente bons?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia aqui - http://amoremiados.blogspot.com.br/2015/03/4-beneficios-do-pate-de-lata-para-seu.html

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.