2 de abr de 2015

Fazendo a transição do seu gato para Alimentação Natural - Parte I

*Acompanhamento de um veterinário especialista é fundamental para alimentação natural. Nada de fazer experiencias com seus bichinhos por conta própria*

Texto traduzido de: http://www.rawfedcats.org/practicalguide.htm

Se o seu gato vem recebendo uma dieta constante de ração seca, é importante saber que a transição para alimentação natural crua pode levar algum tempo e necessitará de alguma persistência, perseverança e, acima de tudo, uma boa parcela de paciência da sua parte. 

Ou, talvez não. 

Cada gato é diferente. Alguns irão aceitar a alimentação natural como se simplesmente estivessem esperando que seus humanos se dessem conta de que eles deveriam estar comendo aquilo por toda a sua vida. Para estes gatos, a transição é relativamente simples, rápida e fácil. Outros gatos podem ser mais lentos para fazer a mudança e outros gatos podem demorar mais ainda, principalmente se forem mais velhos ou cheios de hábitos.

conhecer os hábitos e particularidades de seu gatinho ajuda muito na transição :)

Gatos que se tornaram viciados em ração seca ou patê em lata são os que precisarão de mais tempo para a transição. Estes são os gatos que irão precisar de mais determinação e esforço de sua parte, para ajudá-los a mudar para uma dieta crua. A transição pode e irá acontecer, desde que você esteja disposto a fazer a sua parte. 

É necessário um pulso firme, mas gentil e paciência de sua parte, assim como a compreensão de que o seu gato irá tomar o tempo que ele precisar para entrar na alimentação natural. 

Aqueles que possuem filhotes irão descobrir o quanto os pequeninos fazem a transição quase que imediatamente, com pouca ou nenhuma hesitação. Quanto mais novo o gato, mais rápido e fácil é a transição para uma dieta crua. Gatinhos bem novos sabem instintivamente o que os seus corpos precisam e irão aceitar comidas cruas naturalmente. 

bebês de 30 dias comendo carne crua :) 

NADA DE RAÇAO DISPONIVEL O TEMPO TODO!

Se você mantém ração seca disponível o dia inteiro para seu gato, um dos primeiros passos para a implementação da alimentação natural é PARAR DE DEIXAR A RAÇÃO DISPONÍVEL

Isso não significa de forma alguma suspender a ração seca, a ideia é acostumar o gato a ter horários para comer. Gatos acostumados a comer ração seca sempre que querem acabam ficando viciados. E se eles continuarem a ter acesso à ração, aos pouquinhos, sempre que desejarem, eles nunca irão experimentar a ingestão de alimentos pelo instinto básico da fome e possivelmente nunca irão desenvolver um apetite por algo novo.


ele não come a ração "toda hora" por gostar. a maior ingestão irá suprir os baixos nutrientes

Permita que seu gato  coma ração seca apenas por um limitado período de tempo por dia, algo como 20 a 30 minutos por refeição. Deixe-o comer à vontade e quando ele terminar, retire a tigela do chão e mantenha-a longe do alcance. 

Oferecer a refeição em horários estabelecidos irá ajudar em vários aspectos: primeiro, irá restabelecer o apetite do seu gato e isso estará ao seu favor para ajudá-lo a mudar para a dieta crua. 

Segundo, irá quebrar o circulo de vicio no carboidrato da ração, que não possui nenhum tipo de beneficio ou espaço na dieta de um carnívoro estrito. 

Quer saber mais? Continue a ler! - Fazendo a transição do seu gato para Alimentação Natural - Parte II


3 comentários:

  1. Gostaria de saber como conciliar essa dieta com horários estabelecidos com os dias que me é impossível assegurar esses horários...como fazer então?
    Muito obrigada pela sua ajuda e maravilhoso blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gatos não precisam ter comida disponivel o tempo todo, isso é um mito. Na natureza eles caçam e comem o suficiente para ficarem saciados. Na alimentação natural, geralmente, se oferece entre 1-2x refeições por dia. Pode ser na hora do seu café da manhã e na hora que você volta para casa à noite.

      Excluir
  2. Grata Amor e Miados! E no caso de passarem uns dias sem mim, quando vem alguém aqui só uma vez por dia?

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.