5 de set de 2015

Emagrecendo seu gato: o que realmente funciona?

Traduzido de:  http://feline-nutrition.org/nutrition/slimming-your-cat-what-works-what-doesnt

Texto escrito pelo médico veterinário  Dr Mark E. Peterson, profissional com mais de 35 anos de experiencia e estudos sobre doenças endócrinas em gatos. Foi o primeiro veterinário a documentar hipertireioidismo em gatos ( 1979 ) e o primeiro a tratar a doença com radioiodine. Também foi o primeiro a documentar uma série de "novas doenças" em gatos, incluindo acromegalia, hiperparatiroidismo, insulinoma e doença de Addison . É o diretor da Clinica Endocrina Animal, em New York, um hospital devotado somente ao tratamento de doenças endocrinas em cães e gatos. 

Read more at http://feline-nutrition.org/nutrition/slimming-your-cat-what-works-what-doesnt 
Follow us on Twitter: @FelineNutrition

Assim como em humanos, a obesidade é um grande problema nos gatos. Infelizmente a epidemia de obesidade felina está piorando cada vez mais.

Muitos veterinários e donos de gatos tem tentado as tradições rações “de perda de peso”, geralmente com altas concentrações de fibras e baixas gorduras, mas tem descoberto que essa é uma opção frustrante, já que geralmente falha em atingir perda de peso saudavel e significativa. Outra abordagem para tratar e prevenir a obesidade felina é o entendimento das necessidades nutricionais básicas felinas e seu comportamento na alimentação. A forma com que alimentos nossos gatos e o que estamos dando a eles tende a violar todos os princípios ideais da nutrição felina. 

a obesidade é uma doença séria que pode causar problemas cardíacos, articulares e reduzir a vida do animal
Gatos de criação indoor comumente são alimentados com rações com alto nivel de carboidratos e à vontade, o que faz com que eles comam mais do que precisam. Felinos selvagens precisam se manter magros e com um peso corporal saudável para conseguirem caçar suas presas. Os nossos gatos domésticos se transformaram em sedentários e eles irão se alimentar dessa comida que está bem ali, à disposição, sem nenhum tipo de esforço fisico para consegui-la. Acesso livre à comida e pouca atividade fisica resultam em gatos acima do peso ou obesos.

OBESIDADE E A COMPOSIÇÃO DA DIETA 


Um fator importante a ser considerado, tanto para o desenvolvimento quanto o tratamento da obesidade é o papel dos carboidratos na dieta – não que os carboidratos por si só estejam relacionados à gordura, mas o excesso de carboidratos que se transformam em gordura, mas o efeito dos niveis de proteina disponiveis nestas dietas.

Quanto mais alta for a concentração de carboidratos na dieta, mais baixo é a ingestão de proteina. Isso resulta em uma ingestão de proteina bem menor para ser usada em manutenção e energia. Nós nunca podemos esquecer que gatos são animais que, através da evolução, foram feitos para usar a proteina e gordura como fontes de energia. Gatos não possuem necessidade de nenhum carboidrato em suas dietas.

dieta ideal dos felinos: carnes, visceras e ossos

Já que a necessidade metabolica dos gatos requer que eles utilizem proteina como fonte de energia, as rações que contém menos proteina podem resultar em uma perda da massa muscular ou sarcopenia. A perda de massa corporal magra resulta em desaceleração do metabolismo e pode fazer com que o ganho de peso aconteça de forma ainda pior. 

AS RAÇÕES TRADICIONAIS DE PERDA DE PESO RESULTAM EM PERDA MUSCULAR

As rações tradicionais para “perda de peso” possuem restrição de energia, baixa gordura, altos niveis de carboidrato e altos niveis de fibras. No enquanto, mesmo que essas dietas façam com que o animal perca peso, isso é conseguido através da perda da massa muscular magra, especialmente porque os gatos usam a proteina para energia.

Na foto à direita, Arthur estava com 8kgs depois de 2 anos comendo ração "reduced calorie" . Foi quando ficou doente.
Mudando de ração para patê de lata, ele desinchou e diminiu de peso, antes de começassemos a alimentação natural 

Abordagens bem-sucedidas para perda de peso resultam em perda de tecido adiposo assim como a manutenção  de massa magra. Precisamos nos lembrar que a massa magra é é o condutor base de energia do metabolismo. A perda de massa magra é um grande motivo para que esse peso volte, já que o apetite do animal não é reduzido e ele não se sente saciado.

UMA DIETA COM ALTOS NIVEIS DE PROTEINA E BAIXO CARBOIDRATO É MELHOR

Varios estudos recentes avaliaram o uso de dietas com altos niveis de proteina e baixos niveis de carboidrato – 45% de proteinas ou mais alto – para perda de peso em gatos. Nestes estudos, os gatos perderam peso, mas manteram a massa magra. Mais importante: patês em lata com altos niveis de proteina e baixos niveis de carboidratos não somente reduziram o peso dos animais, mas também ajudaram a reduzir o desejo do gato de comer constantemente. Isso ocorre porque os gatos ficam mais saciados ao serem alimentados com patê de lata ou alimentação natural, do que com ração seca.

o patê de lata oferece uma refeição balanceada e sem carboidratos
Os carboidratos entram na ração no momento em que a mistura é transformada em grãos. É por esse motivo que é praticamente impossivel encontrar uma dieta seca com baixos niveis de carboidrato. Além disso, essas dietas, na maioria das vezes, possuem altos niveis de calorias, também responsáveis pela dificuldade na perda do peso.

Hoje em dia, as melhores dietas comerciais para perda de peso, com altos niveis de proteina, baixos carboidratos e com baixas calorias, são os patês de lata ou alimentação natural balanceada. Mas é importante lembrar que nem todos os patês de lata são a melhor opção, você precisa analisar o rotulo para assegurar-se da qualidade da proteina do produto.

NÃO DEIXE COMIDA À DISPOSIÇÃO

Um ponto importante quando falamos de dieta é lembrar que as calorias contam. Você não pode deixar a ração à disposição. Gatos não possuem essa necessidade. A ração seca deve ser oferecida em pequenas refeições, imitando o tipo de alimentação que eles teriam na natureza. Felinos selvagens caçam uma média de 10 pequenos animais por dia. Alimentação controlada ajuda no aumento metabolico e na perda de peso adequada.

gatos podem, perfeitamente, comer apenas 2-3 pequenas refeições por dia. assim como os humanos, eles se tornam viciados em comida



2 comentários:

  1. Li um artigo no cachorro verde e cheguei até vcs.
    Eu gostaria de saber se existem AN para gatos à venda. Acho muito arriscado e trabalhoso fazer e não ter uma resposta do animal satisfatória. Tenho duas gatas SRD. Uma com 10 anos (Lua) e outra com 5 anos (Liz). Eu dava atum em lata natural uma vez por semana, agora que li este artigo vi que não é bom. Tentei dar sardinha hoje e nenhuma das duas comeu. Sempre comeram a Royal Canin Premium, a mais velha (Lua) está há uns 6 meses se coçando e se lambendo até arrancar os pelos das pernas e barriga. Já levei em vários veterinários, ela não passou por nenhum estresse que eu tenha visto, fez ultrasom, exames de sangue, já dei fluoxetina, floral, apliquei spray manipulado e nada. Na próxima quarta vou a uma especialista em dermatologia de gatos como última esperança. Eu ainda acho que tem alguma coisa com a alimentação. Ela adora tomate e melancia, mas li que tomate é ácido e parei de dar, achei que tinha a ver com a coceira, uma médica disse que não. Ontem quando li este artigo vi que não tem problema. Realmente eu fico confuso. A Liz que tem 5 anos nunca teve nenhum problema. Ama mamão com casaca que corto em tirinhas sem a popa. Não sei se a Lua está ficando velhinha e não quer comer ração seca, vejo que ela come por causa da fome, o que me entristece porque ela fica pedindo algo diferente. Corre quando estou na cozinha atrás de algo que coma. Seco só come e gosta daqueles snacks de atum e salmão em forma de almofadas. Que são caríssimos pela quantidade.
    Obrigado por qualquer ajuda ou orientação. Se tiver alguma empresa ou profissional que venda AN ou mesmo uma consulta eu gostaria de experimentar. Ou ainda se puder me ajudar de qualquer forma.
    Maurizio(mau.michetti@gmail.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que arriscado? Alimentação Natural é feita com acompanhamento de veterinário nutrologo, vem uma dieta a ser seguida, só conseguir os ingredientes e montar as porções. Se você tem dúvidas ou falta de tempo, pode optar por uma dieta sem grãos, com patê de lata, também traz muitos beneficios e muitos problemas de pele em gatos são alergias aos carboidratos e grãos excessivos das rações. Não sei sobre AN crua para gatos feita comercialmente, já que o Brasil ainda não possui regulamentações para isso, ao contrário de outros países. Leia - http://amoremiados.blogspot.com.br/2015/03/4-beneficios-do-pate-de-lata-para-seu.html

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.