14 de abr de 2016

O paradoxo das "rações terapêuticas"

Texto traduzido de: The Paradox of Prescription Diets 

Escrito por: Dr. Guillermo Diaz, médico veterinário formado na Universidad Mayor de San Marcos, Lima/Peru. 


Read more at http://feline-nutrition.org/answers/answers-the-paradox-of-prescription-diets 
Follow us on Twitter: @FelineNutrition

Já que os gatos evoluíram em climas desérticos, a fisiologia deles possui um metabolismo especializado em conservar água. 


Gatos possuem pouca sede quando comparado com outras especieis. Por essa razão, uma dieta rica em umidade é especialmente critico para eles. A maior quantidade de água que ingerem é proveniente da comida. 



Serval africano, pequeno felino selvagem 

Quando gatos são alimentados com carnes e outros tecidos animais crus, o sistema urinário deles permanece saudável. Há um fluxo apropriado de água indo para todo o trato urinário. Essa ingestão de líquidos força todos os resíduos de um metabolismo normal presentes na bexiga a serem expulsos várias vezes ao dia. 


Carnes cruas contem um alto nível de de umidade, aproximadamente 75%. Comparado com esse tipo de dieta, as rações secas possuem apenas 10% de umidade ou até menos. 


*Lembrando que carnes, visceras, ossos crus só devem ser oferecidas como alimentação natural com acompanhamento de veterinário especialista*


Consumir uma dieta rica em água está relacionado a um aumento do volume da urina, redução da gravidade especifica da urina e uma diminuição nos cristais urinários, demostrando os efeitos positivos de dietas ricas em umidade nos parâmetros urinários felinos. 



carne é bom! por dentro e por fora! 

Um estudo conduzido pelo Dr.Stevenson mostrou que uma dieta com alta umidade aumenta o consume de agua do gato em niveis que não podem ser alcançados apenas tomando agua em uma dieta de ração seca. Esse aumento de liquidos ingeridos resultou em um aumento do volume urinário e diluição. 


Quer saber mais? Leia - CMF Buckley, A Hawthorn, A Colyera1 and AE Stevenson, "Effect of Dietary Water Intake on Urinary Output, Specific Gravity and Relative Supersaturation for Calcium Oxalate and Struvite in the Cat," British Journal of Nutrition 106, Supp S1, Oct 2011, S128-S130.


Read more at http://feline-nutrition.org/answers/answers-the-paradox-of-prescription-diets 
Follow us on Twitter: @FelineNutrition

A segunda coisa mais importante para se considerar é a qualidade de urina e o PH. O PH urinário é medido em quanto a urina é acida ou alcalina. Sete é o nivel neutro, acima de 7 é alcalino e qualquer coisa abaixo de 7 é acido. 


O PH urinário é grandemente influenciado pela dieta. A urina normal para cães e gatos é um pouco acida e varia entre 6-6.5. 


Niveis extremos em PH urinário são mais associados com doenças. Por exemplo, um gato com urina sempre altamente alcalina é muito mais propenso a infecções de bexiga e pode desenvolver urolitíase. Uma urina alcanina agride a integridade da mucosa da bexiga, o que causa inflamação e proliferação bacteriana. 



se você não pode aderir completamente à alimentação natural, um patê de qualidade também ajuda! 

Um dos problemas mais comuns são cristais de estruvita, encontrados na urina de gatos obstruidos. Já foi mostrado que o potencial de formação de cristais de estruvita é reduzido se o PH urinário for de 6.6 ou abaixo disso.  


É sabido que herbívoros, como coelhos e cavalos, tem uma urina mais alcalina por comerem basicamente grãos e grama/capim. Quando gatos são alimentados com uma dieta seca baseada em grãos, o que é o caso da maioria dos animais que comem ração, a urina deles se torna alcalina, o que os deixa predispostos a formação de cálculos de estruvita e inflamação da bexiga. 


Quer saber mais? Leia! MD Finke and BA Litzenberger, "Effect of Food Intake on Urine pH in Cats," Journal of Small Animal Practice 33, No. 6, June 1992, 261–265.


Read more at http://feline-nutrition.org/answers/answers-the-paradox-of-prescription-diets 
Follow us on Twitter: @FelineNutrition

Essa inflamação é chamada de cistite. Gatos que se alimentam de ração seca são um grupo de risco suscetivel à doenças do trato urinário, enquanto aqueles que ingerem uma dieta com maiores teores de agua mostraram uma redução na recorrência de calculos e sinais de cistite comparados com os animais que comem apenas ração seca. 


Quer saber mais? Leia! 


O que a ração seca faz com a urina do seu gato?


O que a ração seca industrializada pode causar no seu gato?


4 beneficios do patê de lata para seu gato 



As empresas fabricantes de ração estão bem cientes que esses alimentos baseados em grãos promovem urina alcalina e para “consertar” suas rações, que contém primariamente milho, trigo e soja, eles precisam acidificar artificialmente a ração, através de produtos como DL-Metionina e citrato de potássio. 

Quer saber mais? Leia! CA Buffington, DJ Chew, MS Kendall, PV Scrivani, SB Thompson, JL Blaisdell and BE Woodworth, "Clinical Evaluation of Cats with Nonobstructive Urinary Tract Diseases," Journal of the American Veterinary Medical Association 210, No. 1, Jan 1997, 46-50.


PJ Markwell, CAT Buffington DJ Chew, MS Kendall, JG Harte and SP DiBartola, "Clinical Evaluation of Commercially Available Urinary Acidification Diets in the Management of Idiopathic Cystitis in Cats," Journal of the American Veterinary Medical Association 214, No. 3, Feb 1999, 361-365.
Read more at http://feline-nutrition.org/answers/answers-the-paradox-of-prescription-diets 
Follow us on Twitter: @FelineNutrition

É um triste paradoxo rotular qualquer tipo de ração como “dieta terapêutica para o trato urinário”. 



se você fosse um carnívoro, o que ia preferir comer?


Não faz nenhum sentido colocar nossos animais obstruídos neste tipo de alimentação, quando a natureza oferece uma dieta que promove excelente saúde urinária, naturalmente, e que os gatos evoluiram a partir dela, alimentado-se por milhares de anos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.